- BIOGRAFIA / RELEASE -

Marcio Bragança tem sua musicalidade influenciada pelo Blues, Jazz, Soul, Bossa Nova, Pop-Rock e pelo Samba.

 

O cantor possui vasta experiência na noite e em bailes, portador de uma extensão vocal de 3 oitavas e habilidade no uso dos falsetes, fruto da influência da música de Minas Gerais. Aos nove anos deu seus primeiros passos musicais participando do coral de sua igreja e do coral de sua escola, onde teve sua primeira experiência com os palcos, participando de um concurso de corais onde seu grupo tirou o primeiro lugar, dando direito a participar da solenidade da ECO-92, na praia de Botafogo-RJ, evento assistido no mundo inteiro. Começou a cantar profissionalmente em 1994 nos bares cariocas em paralelo com sua curta, porém marcante carreira de cantor gospel católico. No ano de 2000, começou a estudar na Escola de Música Villa-Lobos onde concluiu o curso em 2002. Em 2003 participou de um programa de empreendedorismo da Shell chamado Iniciativa Jovem e o seu projeto musical recebeu o SELO EMPREENDEDOR SUSTENTÁVEL, com chancela da UNESCO.

 

Dirigiu o Movimento Musical OutrosSim, que foi criado em 1997 por Jorge Vercillo e Marcelo Miranda.

 

Foi membro da equipe do Centro Municipal de Referência da Música Carioca Artur da Távola em 2011.

 

É Curador Musical do Corujão da Poesia – Universo da Leitura, que tem Jorge Ben Jor como padrinho.

 

É membro do Clube Caiubi de Compositores, que reúne grandes vencedores de festivais de música por todo o Brasil.

 

É membro do movimento SOPA-RJ (Somos Produção Autoral), que reúne compositores da nova cena musical.

 

Artista multifacetado, Marcio Bragança é ator, poeta, cronista e comediante. Como comediante, Marcio é conhecido pelas imitações de Maria Bethânia, Tim Maia, Sílvio Santos, entre outros, além de ter personagens próprios. Tem na sua discografia apenas um álbum, chamado Odisseia, que foi lançado em 2010, com um repertório bastante eclético.

MARCIO BRAGANÇA